Percurso Dª Antónia

Este percurso inspirado na D.Antónia Adelaide Ferreira, também conhecida por Dona Antónia, uma das grandes personalidades da história desta região do norte de Portugal e da história do Vinho do Porto, leva-nos à prestigiada cave de vinho do Porto Ferreira. Neste espaço, para além de terem o privilégio de provar o famoso vinho, podem visitar a sala-museu, que ilustra com todo o detalhe a produção do vinho.

No Cais de Gaia podem relaxar numa esplanada, apreciar os tradicionais barcos Rabelo ou planear uma visita aos deslumbrantes vales do Douro.

O Rio Douro é a alma do vinho do Porto, como tal, este percurso passa no Miradouro da Serra do Pilar que permite apreciar o serpentear das águas que separam o Porto de Gaia. No trajeto atravessamos a icónica Ponte Luis I por 2 locais distintos.

No regresso ainda passamos pela Catedral da Sé do Porto e terminamos o percurso por entre estreitas ruas típicas até chegar à Villa Mouzinho.

Percurso Nasoni

Nicolau Nasoni foi um artista e arquiteto italiano cuja obra foi reconhecida essencialmente em Portugal e mais concretamente na cidade do Porto. Tornou-se numa das mais influentes figuras da arquitetura barroca portuguesa, com o seu estilo original, vigoroso e teatral.

Neste percurso vamos seguir os passos de Nicolau por entre monumentos e lugares de visita obrigatória para quem deseja conhecer o Porto.

Começamos com um café no Largo de São Domingos e mesmo ao lado fazemos a visita à Igreja da Misericórdia. Continuamos a subir pela excitante Rua das Flores e por entre ruelas encontramos provavelmente a mais icónica obra de Nasoni, a Torre dos Clérigos, a subida ao seu ponto mais alto por estreitas escadas em pedra é obrigatória. A vista é deslumbrante e entre muitos pontos de interesse adivinhamos o percurso até à imponente Sé do Porto, destino que se segue. Ao aproximarmo-nos da Catedral percebemos a relevância de um dos principais e mais antigos monumentos de Portugal no qual Nasoni conribuiu para a sua grandiosidade.

Após estas visitas no centro histórico alongamos o percurso até à Zona da Foz do Douro onde o chafariz no Jardim do Passeio Alegre, obra de Nasoni, introduz toda uma zona balnear e habitacional recheada de pontos de interesse e lazer. No final do dia podemos relaxar numa das muitas zonas lounge existentes na Foz e apreciar o por do sol com a nossa bebida favorita.

O regresso à Villa Mouzinho é feito rio acima onde as cores da cidade se alteram gradualmente com o entrar da noite.

Percurso Almeida Garrett

Almeida Garrett foi um poeta, dramaturgo, romancista e político português nascido na cidade do Porto em 1779. Foi considerado o precursor do Romantismo em Portugal. Ao longo da sua vida demonstrou ser um verdadeiro humanista e revolucionário.

Os portuenses deram o seu nome a Praças, Ruas, bibliotecas etc. Estas homenagens ao escritor desenham um percurso por locais de destaque do Porto.

Iniciamos o tour subindo a Rua Mouzinho da Silveira que nos leva diretamente à Praça Almeida Garrett, popularmente conhecida como São Bento, por ficar perto da estação de comboios com o mesmo nome, A partir desta praça seguem várias ruas. Daqui pode apreciar bonitos prédios altos e estreitos, com pequenas varandas tipicamente à moda do Porto e em granito. A visita á estação é obrigatória e contemplar toda uma história através dos 20000 azulejos ilustrados no átrio principal.

Segue-se a subida da avenida mais carismática do Porto onde se encontra a Estátua de Garrett. A Avenida dos aliados é o coração da cidade, local histórico de grandes manifestações, celebrações e festejos de importantes acontecimentos do Porto e de Portugal.

Por entre ruas secundárias vamos passar pela Casa Garrett, onde nasceu o escritor. Trata-se de uma casa construída na segunda metade do século XVIII, durante a reforma urbanística dos Almada.

Continuamos o percurso para o Palácio de Cristal, onde se situa a Biblioteca Almeida Garrett. Os lindos jardins e a magnifica vista sobre o Rio Douro justificam a visita a este espaço, onde podem relaxar e recuperar energias.

A influência do escritor é notória no Porto que o homenageou de diversas formas. Para sentir a cidade no seu todo é importante conhecer as zonas menos turísticas e percorrer as principais artérias utilizadas pelos portuenses. As bicicletas elétricas são o meio ideal para que as distancias se tornem mais curtas. Assim, vamos circundar parte da cidade seguindo já em direção à Casa da Música na Rotunda da Boavista, marco contemporâneo e sala de concertos com uma arquitetura surpeendente. Após uma visita guiada facultativa, efetuamos a parte final do percurso passando pela central Praça da República e finalizando na Villa Mouzinho.

Percurso Manoel de Oliveira

Manoel de Oliveira foi um famoso cineasta nascido no Porto em 1908. Uma das suas principais obras, “Aniki-bóbó”, é rodada nas ruas do Porto antigo e nas margens do Rio Douro.

Villa Mouzinho encontra-se situado no coração da cidade e permite um rápido acesso a muitos pontos de interesse, de bicicleta elétrica optimizamos ainda mais o reconhecimento desses locais. O primeiro destino deste percurso é a Ribeira, um dos locais mais antigos e típicos do Porto. Depois de palmilhar esta zona de características singulares passamos pela Ponte Luis I e percorremos a marginal esquerda do Rio Douro apreciando a cidade numa perspectiva diferente até chegarmos à Douro Marina. Momento para relaxar e decidir se voltamos para o nosso porto de abrigo na Villa Mouzinho ou explorar um pouco mais a margem até onde o Rio encontra o mar, no Miradouro do Estuário do Douro, local por vezes visitado por Manoel de Oliveira e que provavelmente serviu de inspiração para muitas das suas obras.

Percurso D. Henrique

A cidade do Porto é conhecida pela força de vontade e pela natureza da sua população, orientada pela paixão e pelas convicções fortes. A cidade encontra-se intimamente ligada aos Descobrimentos Portugueses.

O Infante Dom Henrique, navegador nascido no Porto em 1394, foi o grande pioneiro da expansão ultramarina, uma aventura única que iria mudar o conceito do mundo numa das maiores aventuras da humanidade, as Descobertas.

Este será o mais longo dos percurso numa viajem no tempo pelos marcos históricos do Infante.

A poucos metros de iniciarmos o trajeto na vila Mouzinho, nesta mesma rua, paramos para as primeiras fotografias no Monumento ao Infante D. Henrique, mesmo em frente podemos também apreciar o Palácio da Bolsa e fazer uma visita ao seu surpreendente interior.

Em plena zona Ribeirinha vamos encontrar a Casa do Infante, local onde nasceu e que agora como museu, ilustra os feitos do navegador e toda a envolvência histórica da época.

Continuamos numa viagem no tempo que nos leva a outro museu de história, o “world of discoveries” que de uma forma muito original e dinâmica nos mostra os descobrimentos portugueses.

Tal como o Infante, vamos alargar os horizontes e percorrer toda a costa até a Anémona na praia de Matosinhos, monumento que homenageia a comunidade piscatória. Durante este percurso relaxante junto á costa passamos por várias áreas de lazer e, se a temperatura permitir, dar um mergulho no mar.

No regresso podemos ainda parar na Praia da Luz para assistir ao por do sol antes de chegarmos a terra firme na Villa Mouzinho.

Faça a transferência da nossa aplicação para IOS e Android:

© Villa Mouzinho - Apartments & Suites

Copyrights: 4BNL, S.A. | webdesign by: atualdesign.pt

Newsletter

Política de Privacidade